“Senhor, por que estás tão longe? Por que te escondes em tempos de angústia?” Salmos 10: 1

O salmo 10 é um exemplo de um pedido brutalmente honesto e fervoroso para que Deus leve a justiça aos perversos. Como C.S. Lewis disse uma vez, ler o Salmo 10 é como abrir a porta de um forno que é ligado em 500 graus – você é imediatamente atingido com o calor da fúria do salmista.

Uma das coisas que eu gosto sobre os Salmos é que eles são tão honestos. Os escritores não tiveram dúvidas em questionar Deus e tiveram pouca paciência com pessoas poderosas que perseguiram os pobres. Se queremos um relacionamento íntimo com Deus, falaremos sobre o que está em nossos corações. Nós lhe diremos o que fizemos e não esconderemos nada dele. Muitas vezes tentamos colocar um rosto falso quando chegamos a Deus como se Ele já não conhecesse nosso coração. Deus sabe que não podemos ser “perfeitos”, mas quer que tenhamos um relacionamento honesto com ele.

Muitos cristãos hoje se sentem desconfortaveis em orar com emoções “negativas”. Em vez disso, nós fingimos ter todas as respostas para cada questão, sem muita dúvida. Nós retratamos uma fé inabalável em Deus e em nós mesmos. Mesmo quando sentimos vontade de pedir ajuda ou sentir que a nossa situação não é justa, somos muito conscientes de nos mesmos, para sermos honestos.

Esta oração nos mostra um processo triplo para lidar com nossas próprias questões e problemas. Declare suas perguntas (10: 1), descreva sua queixa (10: 2-11) e aprofunde seu compromisso com Deus (10: 12-18)

Isso é muito semelhante ao processo que Jeremias passou no Livro das Lamentações. Ele estava cheio de “porquês” perguntas e ele listou suas queixas para Deus. Quando ele terminou, é como se ele se forçasse a pensar sobre o que é verdade. Ouça o que ele escreveu:

“Lembro-me da minha aflição e do meu delírio, da minha amargura e do meu pesar. Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim. Todavia, lembro-me também do que pode me dar esperança: Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade! Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança.” Lamentações 3:19-24

Jeremias era sincero sobre sua dor, mas estava determinado a aprofundar seu compromisso com Deus e confiar na sua fidelidade. Ao invés de se preocupar em dizer o que é errado, vamos tirar nossas máscaras e conversar abertamente com o Pai Celestial sobre nossas situações e lutas. O amor de Deus é grande o suficiente e Sua fidelidade é surpreendente. Procure buscá-lo verdadeiramente e completamente.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

WordPress Security