Versículo-chave: “Entretanto, não há comparação entre a dádiva e a transgressão. Pois se muitos morreram por causa da transgressão de um só, muito mais a graça de Deus, isto é, a dádiva pela graça de um só homem, Jesus Cristo, transbordou para muitos!” Romanos 5:15

O Natal é uma época em que nós, pessoas do mundo inteiro, damos e recebemos presentes. Há muita alegria em ver o prazer no rosto de alguém quando eles recebem o presente que eles queriam. No entanto, neste Natal, é importante lembrar o melhor presente de todos.

João 3:16 diz: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito[d], para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” Deus nos deu algo melhor do que o que queríamos, Ele nos deu o que precisávamos, um Salvador!

Muitas vezes, dizemos às crianças que elas devem ser boas se quiserem um presente especial para o Natal. Existe até uma tradição no Reino Unido que as crianças travessas recebem um pedaço de carvão do Papai Noel. Então, porque mereceriamos que Deus nos desse o presente supremo, Seu único Filho?

Bem, não foram nossas boas ações, com certeza. Isaías nos lembra: “Somos como o impuro — todos nós! Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo. Murchamos como folhas, e como o vento as nossas iniqüidades nos levam para longe.” Isaías 64: 6.

Não era nada sobre nós merecer esse presente, mas era toda a graça do amor de Deus. Romanos 5: 8, “Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.”

À medida que damos e recebemos presentes neste Natal, perguntando-nos se nós merecemos essas coisas, lembremo-nos e agradeçamos pelo presente que nenhum de nós e ninguém nunca mereceu e “Agradeçamos a Deus o presente que ele nos dá, um presente que palavras não podem descrever.” 2 Coríntios 9:15

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security