11Leitura de hoje: 2 Samuel 19:11 – 20:13 (leitura adicional: Salmos 119 e Provérbios 16:16-17)

Jônatas, filho de Saul, tinha um filho coxo nos dois pés. Ele tinha cinco anos quando as notícias sobre Saul e Jônatas vieram de Jezreel. Sua enfermeira o pegou e fugiu, mas quando ela se apressou para sair, ele caiu e ficou aleijado. Seu nome era Mefibosete. Na leitura de hoje, quando Davi retorna, Mefibosete não tomou banho nem fez a barba, esperando que Davi voltasse.

Toda pessoa viva experimenta dor. Em nosso mundo caído, o mal é uma realidade dolorosa. Deus, no entanto, permite que coisas ruins toquem nossas vidas por razões que não podemos entender. Todos nós experimentamos algum tipo de incapacidade que parece colocar nossas vidas em um curso indesejável.

Na vida a questão “por quê?” é provavelmente a maior barreira para o crescimento espiritual e emocional; simplesmente não há resposta satisfatória para isso. PORQUE interrompe o progresso espiritual enquanto O QUE o move. Quando perguntamos: “O que posso fazer com essa dificuldade?” Nosso foco muda de olhar para trás e olhar para o que está na vida e o que esta por vir.

Na vida, estamos propensos a experimentar todo tipo de sofrimento:

Erros naturais: defeitos congênitos, doenças e tragédias que não podem ser atribuídas a qualquer causa humana (por exemplo, furacões, vulcões e inundações). Erros inadvertidos: Acidentes e todas as outras lesões ou danos não intencionais, pelos quais não é razoável culpar ninguém.
Erros auto-infligidos: O uso indevido de drogas, álcool, comida ou qualquer outra coisa que prejudique a mente, o corpo ou as emoções de uma pessoa.
Erros intencionais: ferimentos físicos, danos emocionais, prejuízos financeiros ou qualquer outra deficiência que resulte da conduta imoral, antiética ou ilegal de outra pessoa.

Quando algo de ruim acontece, temos três escolhas. Podemos fingir que isso não aconteceu, ter pena de nós mesmos ou reconhecer o direito de Deus de permitir em nossas vidas quaisquer circunstâncias que nos tornem mais úteis para ele.

Reflexão

  • Como você reage quando algo ruim acontece?
  • Você procura alguém para culpar?
  • Como Deus usou coisas ruins para bons propósitos em sua vida?

Oração

Pai, obrigado por nos salvar e colocar nossas vidas no caminho certo. Obrigado que Você não permite nada em nossas vidas para o mal, mas apenas para Deus e seus propósitos. Ajude-nos a te louvar em tempos difíceis. Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security