Leitura de hoje: Êxodo 29:1 – 30:10 (leitura adicional, Salmos 31:19-24 e Provérbios 8:14-26)

Versículo-chave: “Sacrifique um novilho por dia como oferta pelo pecado para fazer propiciação. Purifique o altar, fazendo propiciação por ele, e unja-o para consagrá-lo.” Êxodo 29:36

Há muita confusão na igreja hoje em relação à Santidade. Para alguns santidade na igreja significa que os homens não usam calções, têm cabelos longos ou usam jóias. Da mesma forma, para as mulheres, alguns pensam que isso significa não usar calças, maquiagem, jóias, cabelos curtos ou coloridos, fitas de cabelo ou vestidos vermelhos e assim por diante. Outros acreditam que a santidade em casa envolve não assistir televisão, ir ao cinema, dançar, jogar bilhar e uma longa lista de outros não-não. A santidade também inclui muitas coisas, como diariamente ler sua Bíblia, orar, dar o seu dízimo, entrar na igreja toda vez que as portas estão abertas, e assim por diante. Para resumir, a santidade para muitos é uma longa lista de coisas para fazer e não fazer.

Tenho certeza de que sua definição de santidade não inclui todas as mesmas coisas acima, mas sua definição de santidade pode consistir em uma lista de coisas que você deve fazer e uma lista de coisas que você não pode fazer.

Hoje em Êxodo 29:36 lemos “Sacrifique um novilho por dia como oferta pelo pecado para fazer propiciação. Purifique o altar, fazendo propiciação por ele, e unja-o para consagrá-lo.”

A primeira das duas linhas diz: “Purifique o altar, fazendo propiciação por ele, e unja-o para consagrá-lo.” Agora, a expiação foi feita através de um sacrifício de sangue. E o propósito da expiação era uma cobertura para o pecado. Depois disso, o altar é puro. Mas a próxima instrução de Deus para o altar é “Fazendo propiciação por ele, e unja-o para consagrá-lo.” Mesmo quando foi limpo pelo sangue, o altar ainda precisava ser “sagrado”.

Santidade significa fundamentalmente “separado”. Neste caso específico, Deus estava falando sobre o altar. Ao ungir o altar com óleo, significava que este altar não era apenas um altar comum. Este altar não era para qualquer propósito. Este altar existia para um propósito específico e esse propósito era fazer oferendas a Deus. Nenhum outro uso para este altar era permitido, porque este altar havia sido separado para esse propósito.

Veja o que Pedro nos diz em 1 Pedro 2: 9, “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”

Santidade significa muito mais o que se pode fazer ou não. Não podemos tornar-nos santos pelas nossas ações, pois Deus nos fez o seu povo sagrado porque ele nos chamou e nos separou. Conseqüentemente, nossas vidas, desejos e ações são alteradas como resultado do chamado de Deus e não o contrário.

Reflexão

  • Você está tentando tornar-se sagrado por suas ações?
  • Você define viver para Deus como uma lista de coisas a fazer?
  • O que significa para você ser separado por Deus?

Oração

Pai, obrigado por nos salvar e nos separar para sermos santos. Obrigado por nos capacitar para viver uma vida que honra Você. Ajude-nos a não levar esse chamado como algo sem importancia, mas a valorizar nossa vocação como Sua santa nação. Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security