Joel 2:1 – “Toquem a trombeta em Sião; dêem o alarme no meu santo monte. Tremam todos os habitantes do país, pois o dia do Senhor está chegando. Está próximo!”

Não sabemos muito sobre o profeta Joel. Toda a informação que temos sobre ele de sua profecia é que ele era filho de Pethuel (Pethuel significa visão de Deus). Joel é um alerta para todos aqueles na igreja que vivem em uma condição de letargia em relação às coisas de Deus.

Há uma música que diz: “Ele é cada vez mais doce e doce ao passar dos dias, Oh, que amor entre meu Senhor e eu. Eu continuo me apaixonando por Ele, uma e outra vez e mais uma vez”. Não é assim como deve ser? que todos os dias, achamos que o Senhor é melhor para nós do que poderíamos imaginar, que as promessas de Deus são reais e confiáveis? À medida que descobrimos essas coisas, devemos nos alegrar ainda mais com o Senhor. Acredito que Deus deseja que sejamos cristãos animados, alegres.

No entanto, sabemos que este não é o caso de muitos. Você está tão animado com Deus agora como quando foi salvo pela primeira vez? Você está tão preocupado com as coisas espirituais agora quanto quando você foi salvo pela primeira vez?

Muitas vezes, o que acontece é que as pessoas perdem seu zelo por Deus e se contentam em seguir os movimentos de servir a Deus. É aqui quando Joel diz: “Toquem a trombeta em Sião; dêem o alarme no meu santo monte. Tremam todos os habitantes do país, pois o dia do Senhor está chegando. Está próximo!”

Esta mensagem é despertadora! Ao longo do Antigo Testamento, Deus se referiu a Israel como a terra de Sião. Estas Escrituras começam com o comando do Senhor dos Exércitos, o Grande Rei dos Reis a tocar uma trombeta em Sião. O som de uma trombeta, neste contexto, é chamado a reunir todos os Homens da Guerra de Israel para se preparar para uma batalha porque o inimigo, está apenas fora dos portões da cidade e está se preparando para dominar a terra e devorar tudo o que Está nela.

A mensagem é para despertar, ficar pronto e preparar-se! Ficar sem fazer nada não é uma opção! Lembre-se do que Dietrich Bonhoeffer escreveu: “A graça barata é a graça que nós concedemos a nós mesmos … a pregação do perdão sem requerer arrependimento, o batismo sem disciplina da igreja, a comunhão sem confissão. A graça barata é graça sem discipulado …A graça que custa caro, é o evangelho que deve ser buscado uma e outra vez, o presente que deve ser pedido, a porta a que um homem deve bater … É caro porque custa a um homem sua vida, e é graça porque dá a um homem a única vida verdadeira. Quando Cristo chama um homem, ele o pede, venha morrer. ”

Você está caminhando pela caminhada espiritual? É hora de acordar e responder ao chamado de Deus.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security