“Quem primeiro lhe deu, para que ele o recompense?” – Romanos 11:35

Há momentos em nossa vida onde Deus nos concede presentes inesperados. Alguém pode nos dizer: “Eu sinto que Deus está me incitando a lhe dar esse presente”. Em outras ocasiões, podemos orar por algo que estava fora de nosso alcance, e então, de repente, Deus nos concede essa solicitação. Nestes momentos, não podemos deixar de reconhecer a graça de Deus em relação a nós.

Mais do que isso, não temos a mesma atitude sobre as coisas que ganhamos para nós mesmos. A lição que devemos aprender como administradores fiéis é que mesmo a capacidade de trabalhar é um presente de Deus.

“Mas, lembrem-se do Senhor, o seu Deus, pois é ele que lhes dá a capacidade de produzir riqueza, confirmando a aliança que jurou aos seus antepassados, conforme hoje se vê.” – Deuteronômio 8:18

Deus não só nos da a capacidade de trabalhar, mas também é a fonte de toda a riqueza.

“Ao Senhor, o seu Deus, pertencem os céus e até os mais altos céus, a terra e tudo o que nela existe.” – Deuteronômio 10:14

Não há nada em toda a terra que não pertence a Deus. É do termo usado aqui para ‘Senhor’, que nós entendemos a palavra que usamos para ‘senhorio’. Isso nos ajuda a entender melhor que na verdade não possuímos as coisas que achamos que possuímos. Um escravo é totalmente responsável pelo Mestre por tudo: alimentos, roupas, habitação, cuidados de saúde, segurança e até mesmo o status.  Eles não têm nada por conta própria, nem mesmo os trapos nas costas. 

Como isso se traduz em nossa vida? Isso significa que tudo o que possuimos, desde o carro na garagem e o telhado sobre nossa cabeça, as roupas penduradas no nosso guarda-roupa e o dinheiro em nossa conta bancária, tudo pertence a Deus. A única razão de tê-los é porque o Mestre nos deu. 

Vamos dar um passo adiante. Isso significa nossos filhos, netos, cônjuge, carreira, amigos, a água que bebemos, o ar que respiramos, nosso corpo e a vida preciosa que reside no nosso corpo, tudo procede de Jesus Cristo, nosso Senhor e Mestre. 

Essas verdades não são nada de novo, mas com que frequência vivemos como se fossem válidas? Devemos aprender que tudo é um presente de Deus dado a nós para apreciá-lo e glorificá-Lo.

Reflexão:
O que você vê como o seu e não o de Deus?
Como você pode ser um melhor mordomo do que Deus colocou em suas mãos?

Oração: 
Pai, obrigado por me lembrar que você é dono da Terra e tudo o que está nela. Isso inclui tudo o que sou e tudo o que tenho. Ajude-me a ser um melhor administrador dos recursos com que você me abençoou em nome de Jesus, Amém. 

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security