É quase impossível encontrar alguém que não quebrou pelo menos uma lei. Pense no farol vermelho que você furou ou na multa por alta velocidade que você recebeu. Talvez fosse outra coisa – como não pagar seus impostos ou baixar ilegalmente filmes ou música. No fundo, somos todos culpados de infringir a lei.

A maioria de nós só conhece os Dez Mandamentos, mas você sabia que a Torá tem 613 mandamentos? Você pode imaginar ter que manter todas as 613 leis? Como você se lembraria mesmo delas? Não é de admirar que o homem mais sábio que já tenha vivido, Salomão, concluiu:

“Todavia, não há um só justo na terra, ninguém que pratique o bem e nunca peque.” – Eclesiastes 7:20

A lei é como o vidro quebrado no pára-brisas do seu carro. Não importa se você tem apenas um rachado ou se o todo o vidro está quebrado; você ainda terá que substituir todo o pára-brisa. Foi o que Tiago quis dizer quando escreveu:

Para quem guarda toda a lei e ainda se tropeça em apenas um ponto é culpado de quebrar tudo. – Tiago 2:10

É por isso que é humanamente impossível ser legalmente correto. Na verdade, essa é a principal razão pela qual a lei foi dada – para nos ajudar a perceber que é impossível ser justo simplesmente pelo esforço humano. Depois de milhares de anos de pessoas tentando, Cristo veio e apresentou o único caminho através do qual alcançamos a justiça de Deus: morrer para a velha natureza. Veja, a lei só nos controla enquanto vivemos, mas na morte, não há lei. É por isso que, como Paulo explicou, a lei já não tem domínio sobre nós:

“Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente? De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele? Ou vocês não sabem que todos nós, que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados em sua morte? Portanto, fomos sepultados com ele na morte por meio do batismo, a fim de que, assim como Cristo foi ressuscitado dos mortos mediante a glória do Pai, também nós vivamos uma vida nova. Se dessa forma fomos unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente o seremos também na semelhança da sua ressurreição. Pois sabemos que o nosso velho homem foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado seja destruído, e não mais sejamos escravos do pecado; pois quem morreu, foi justificado do pecado” Romanos 6:1-7

Reflexão:
Pense sobre o que o leva a servir ao Senhor. Você ainda está servindo o Senhor da “velha forma da Lei”? (veja Romanos 7: 6)
O seu serviço está fora da obrigação ou fora do amor?

Oração:
Senhor, ajude-me a não viver para o meu eu antigo, mas a viver para você. Obrigado por me fazer uma nova pessoa. Obrigado por me mostrar o caminho da salvação. Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security