Leitura de Hoje: Ezequiel 24:1 – 26:21 (leituras adicionais: Salmo 110: 1-7 e Provérbios 27:14)

Deus disse a Ezequiel que tomasse algumas medidas específicas e vivesse uma parábola em frente à cidade de Jerusalém. 1) Pegue um pote. 2) Encha com água. 3) Reúna os cortes escolhidos de carne da escolha do rebanho. 4) Queime os ossos debaixo do pote. 5) Traga para um ponto de ebulição. 6) Pilha de madeira sob o pote. 7) Despeje a carne e o caldo. 8) Coloque de volta no fogo e queime a espuma dele.

Deus estava mostrando a Jerusalém que sua única esperança de purificação era através do fogo do julgamento. O fogo do juízo tem a capacidade de queimar tudo o que desagrada a Deus.

A imagem é pintada por Deus, mas a atividade está sendo realizada por Ezequiel. Tudo deve ser jogado no pote. O fogo comum do julgamento chegaria a todas as classes. Jerusalém é o vaso e as paredes não os protegem. O calor veio através das paredes. Nada na terra os protegeria da ira divina de Deus. Jerusalém é aprisionada em sua panela fervente sem escapatória. Nabucodonosor e os babilônios são o fogo intenso que os purificará.

Imagine aquele pregador naquele dia, trabalhando naquela panela fervente, todo o tempo gritando uma mensagem de destruição a Jerusalém. Não é uma mensagem muito popular. Em meio a tudo isso, há um ponto que Deus faz. É um pote de escárnio. A palavra hebraica aqui é chelaw. Seu significado apropriado seria o de uma doença ou poderia até ser expresso como ferrugem que estava no vaso.

Qualquer que seja a palavra que o profeta estava dizendo, se doença, escória ou ferrugem, o fato da questão é que Deus viu que a casa rebelde tinha uma impureza sobre isso que Ele não deixaria escapar sua ira. A escuma é como um agente corrosivo que morde a panela como um ácido. A escuma revela o caráter inferior do pote. A escuma se prende às paredes da panela de ferro (não pode fazê-lo a ouro ou prata, que são superiores ao ferro). A escuma se apresenta quando a tentação é dada rapidamente. Revela um metal de base inferior na alma. A escuma corrompe a própria substância da alma. A escuma quebra a integridade da alma. A escuma desgastará a resistência da alma e a escuma destruirá a beleza da alma.

A ênfase desta passagem é que o pote fatigou e exauriu os homens em seus esforços para limpá-lo. A única maneira de remover a ferrugem e a impureza era através do fogo. Todos os seus esforços nada mais são do que justiça própria, que sempre surge vazia.

Reflexão

Que escuma Deus tem queimado da sua vida?

Oração

Pai, obrigado por limpar nossas vidas e remover as coisas que nos enfraquecem e nos deixam sujos. Ajude-nos a abraçar sua limpeza. Em nome de Jesus, amém

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security