Existe a noção de que ser um bom cristão significa ser miserável. Esta é uma grande falsa representação do evangelho e nossa vergonha quando apresentamos um relacionamento com Deus de tal maneira. Alguns pensam que seguir Jesus significa desistir de tudo o que você gosta. Por isso ouvimos a afirmação tola: “Aceito Cristo quando sou mais velho, quero viver um pouco primeiro”. Ao contrário da crença comum, o cristianismo não tem nada a ver com viver uma vida restrita, vinculada por regras e regulamentos. Na verdade, Jesus teve um problema com as pessoas que viveram dessa maneira. Ele disse à elite religiosa que andava pelas ruas de Jerusalém com longos rostos sombrios em nome da religião para lavar e aplicar um pouco de óleo sobre a pele. Ele ensinou contra a falsa doutrina que promoveu um humor solene. Jesus disse:

“O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente.” João 10:10

A escritura acima desenha um contraste interessante entre o que Jesus veio fazer e o que o inimigo veio fazer. Enquanto o inimigo veio como um destruidor, Jesus veio como um reconstruidor. Enquanto o inimigo veio como um assassino, Jesus veio como doador da vida. Jesus veio para que ele possa introduzir a humanidade em uma nova maneira de viver – desfrutando a vida e tendo em abundância.

Como cristãos, fomos chamados a uma vida de alegria. Nosso Pai Celestial adora quando os Seus filhos são alegres. Nós fomos salvos do antigo modo de vida, e agora podemos começar a aproveitar todas as provisões da Graça. Antes que Jesus nos liberasse para aproveitar a vida, estávamos numa perseguição constante para encontrar algo para nos satisfazer. Precisávamos da casa maior, do carro mais rápido, do mais novo aparelho, etc. Todas essas coisas nos deram um prazer temporário, mas sempre nos deixaram precisar de algo mais para aproveitar a vida. Jesus veio para nos mostrar o que significa realmente aproveitar a vida.

“Ordene aos que são ricos no presente mundo que não sejam arrogantes, nem ponham sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus, que de tudo nos provê ricamente, para a nossa satisfação.” – 1 Timóteo 6:17

Reflexão:
Você diria que você está curtindo a vida como Deus pretendia?  
Como você pode se alegrar com Deus?
Você encontra sua alegria nas coisas ou em Deus que lhe dá coisas para apreciar?

Oração:
Pai, obrigado por ter me dado uma vida abundante. Ajude-me a caminhar em obediência para que eu possa aproveitar a vida ao máximo até que transborde. Me ajude a viver de tal maneira que minha alegria seja visível para o mundo que me rodeia. Em nome de Jesus, Amém. 

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security