Imagine a surpresa dos discípulos quando Jesus começou a ensiná-los a orar com essas palavras

“Pai nosso que está nos céus, santificado seja seu nome”, – Mateus 6: 9

Ficamos tão familiarizados com a Oração do Senhor que sentimos a falta de revelação e bênção surpreendente desta declaração de abertura. Jesus não convidou os discípulos a orar a Seu Pai; Ele não os apresentou como amigos de Seu Pai, mas sim os convida para o relacionamento, dizendo: “Pai nosso”.  Era uma coisa para Jesus chamar “Deus de Pai”, mas era outra coisa para que os discípulos se dirigissem a Deus da mesma maneira.

“Porque vocês são seus filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho aos nossos corações, o Espírito que clama: “Abba, Pai.” – Gálatas 4: 6

De todos os nomes, Deus poderia nos levar a chamá-Lo, Ele escolhe Abba, Pai. ‘Abba’ é um termo de intimidade. Embora seja comumente traduzido como “pai”, a maioria dos estudiosos concorda que só pode ser comparado com a forma como uma criança pequena chora apaixonada, “DaDa”. Ele retrata um relacionamento tão próximo que as palavras sempre deixarão de descrevê-lo.

Quando Deus se refere a si mesmo como seu Pai, ele não tem em mente nada além do melhor para você. Deus não é um pai comum. Aqui estão três formas distintas em que Deus, nosso Pai Celestial, difere de qualquer pai terrenal:

1. Ele conhece você – Mesmo que seu pai terrenal o conheça, é só Deus que o entende completamente. Deus o conhece melhor do que você se conhece. Ele conhece seus choros mais profundos, e ele vê suas lágrimas secretas. Ele lembra os pensamentos que você nunca expressou e as aspirações secretas que você nunca compartilhou. Ele sabe o que é melhor para você, mesmo quando você não se conhece.

2. Ele nunca falha: o bom pai terrenal tenta o melhor dele, mas, como qualquer outra pessoa na Terra, eles são limitados.Às vezes, os pais não conseguem cumprir algumas obrigações devido às circunstâncias e não à escolha. Deus se distingue porque Ele tem poder ilimitado e recursos ilimitados. Ele nunca falhou!

3. Seu amor é incondicional – o amor de Deus é impecável. Deus nos ama porque Ele é amor. Não há razão. Nenhuma condição ligada ao seu amor. Seu amor é perfeito e sem falhas.  Não importa o que fazemos, ou quantas vezes falhamos; Nada tirará o Seu amor de nós.

Versículos-chave: “Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Romanos 8:38-39

Reflexão:

  • Como seu relacionamento com seu pai terrestre afetou sua visão de Deus?
  • Como reconhecendo Deus como seu Pai Celestial pode mudar a maneira como você se aproxima de Ele?
  • Se você é pai, como a Paternidade de Deus afeta a maneira como você cuida de seus filhos?

Oração:
Pai do céu, obrigado por enviar seu filho para morrer no meu lugar, dando-me acesso a você. Obrigado pelo espírito de adoção em filiação. Obrigado por me dar as boas-vindas à sua família.  Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

WordPress Security