Leitura de hoje: Números 28:1 – 29:40 (leitura adicional, Salmos 62:1-12 e Provérbios 11:18-19)

Versículo-chave: “Ordene aos israelitas e diga-lhes: Tenham o cuidado de apresentar-me na época designada a comida para as minhas ofertas preparadas no fogo, como um aroma que me seja agradável.” Números 28:2

Uma questão para nos perguntar é: “Quem você está adorando?” Durante o mandato do grande orador Henry Ward Beecher, um ministro visitante (o irmão de Beecher) substituiu o pastor popular. Uma grande audiência já havia se reunido para ouvir Beecher, e quando o pastor substituto entrou no púlpito, vários ouvintes desapontados começaram a se mover para as saídas. Foi quando o ministro ficou de pé e gritou: “Todos os que vieram hoje para adorar Henry Ward Beecher podem agora se retirar da igreja. Todos os que vieram adorar a Deus mantêm seus lugares! ” (Today in the Word, abril de 1989, página 22)

Desde o início, o segredo para a benção de Israel era quando eles tinham um bom relacionamento com o Senhor, era caracterizado por fé e obediência. Israel teve que trazer os sacrifícios certos no momento certo e no caminho certo (João 4:22). As ofertas deveriam ser trazidas regularmente e apresentadas de acordo com os rituais prescritos sob a supervisão do sacerdote. Isso levou tempo e deu às pessoas a oportunidade de preparar seus corações para adorar (vv. 1-2). A menos que seus corações estivessem prontos, o culto não tinha sentido, e o mesmo é verdade para nós hoje. É tão fácil ir aos serviços com almas que não estão preparadas para adorar o Senhor.

Na leitura de hoje, vimos seis ofertas diferentes a serem dadas:

  1. Ofertas diárias – a cada dia – dois cordeiros – dia a dia (v. 3-8).
  2. Ofertas de Sabado – cada sétimo dia – dois cordeiros – no sétimo dia (vv. 9-10).
  3. Ofertas da Lua Nova – primeiro dia do mês – 2 touros jovens, um carneiro, 7 cordeiros (vv. 11-15).
  4. Páscoa – nenhum sacrifício de animais (v. 16).
  5. Pão ázimo – 2 touros, um carneiro, 7 cordeiros, uma cabra (v. 17-25).
  6. Festa das Semanas – 2 touros jovens, um carneiro, 7 cordeiros, uma cabra (v. 26-31).

Cada uma das ofertas tinha um propósito diferente para cumprir e uma rota diferente, mas o objetivo final era agradar ao Senhor e deleitar seu coração. Israel era diferente das nações ao seu redor. As outras nações tiveram que ter vários festivais para satisfazer todos os seus diferentes deuses, mas para Israel, era tudo sobre louvar o único Deus verdadeiro. Diferente, mas o mesmo propósito.

Ao longo de nossas vidas, somos apresentados formas diferentes de adorar a Deus, mas devemos lembrar que toda situação na vida é uma oportunidade para louvar e agradar a Deus.

Um tempo atrás, encontrei esta frase: “No culto cristão, a congregação não é a audiência, Deus é o público”. Se você dança, dance para Deus, se você canta, cante para Deus, se você limpa, então limpe para adorar a Deus. Lembre-se, Nele queremos deleitar.

Reflexão

  • Quem você está tentando agradar, em primeiro lugar?
  • Como você pode adorar a Deus através de tudo o que você faz?

Oração

Pai, Obrigado, que Você é digno de todo louvor e nos permite adorá-lo através de toda a nossa vida. Ajude-nos a nos preocupar com a Sua glória em tudo o que fazemos. Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security