Houve milhares de livros escritos sobre a verdade das Escrituras e essas evidências são muitas e variadas. Infelizmente, a maioria das pessoas não lê a Bíblia, quanto mais livros sobre a Bíblia. Isso levou à crença de que a Bíblia está cheia de erros ou de teologia liberal que acredita que a Bíblia não é relevante para hoje. No entanto, a Bíblia afirma ser a própria Palavra de Deus, infalível e autorizada no mais alto grau.

Há uma variedade de evidências que apontam para que a Bíblia seja verdadeira. Estes normalmente se enquadram nas seguintes categorias:

  • A unidade das Escrituras
  • Profecia cumprida
  • Precisão histórica
  • Precisão científica (contra a crença popular, a Bíblia não é anti-ciência)

Para hoje, no entanto, vamos nos concentrar no que Jesus acreditou sobre as Escrituras. Ao lermos os evangelhos, é claro, Jesus aceitou as declarações das Escrituras do Antigo Testamento como historicamente precisas e factualmente verdadeiras. Ele acreditava que as Escrituras hebraicas tinham autoridade suprema e inquestionável.

“Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir. Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra.” (Mateus 5: 17-18).

“A menor letra” neste verso se refere à pequena letra no hebraico ‘yod’, que parece um apóstrofo. É a menor letra do alfabeto hebraico. Isto nos mostram claramente que Jesus considerou o menor detalhe para como vital para Deus.

Jesus sustentou as Escrituras do Antigo Testamento como uma fonte de verdade doutrinária, fato histórico e força espiritual, apenas olhe esses versos (se estiver lendo on-line, passe-se sobre as referências) Mateus 7:12, 12:40, 13:14, 15: 4 ; Marcos 14:27; Lucas 4: 4, 8: 24-27). Ele aceitou como fato tais contas como a criação de Adão e Eva (Mateus 19: 4-5), o dilúvio nos dias de Noé (Mateus 24: 37-39), a destruição de Sodoma (Lucas 17: 28-29) e a tragédia de Jonas por um grande peixe (Mateus 12:40), que muitos questionam hoje.

Em João 17:17, Jesus diz: “Santifica-os pela sua verdade. Sua palavra é verdade ‘. Nesta declaração ampla e abrangente, Jesus reafirmou que a Palavra de Deus é verdadeira e em João 10:35. Ele diz que “a Escritura não pode ser quebrada”.

Claramente, Jesus acreditava que a Bíblia era verdade. Então, porque nós duvidamos com tanta frequência? Pensamos que Jesus errou? Pensamos que somos mais sabios? Ai de nós quando temos tais pensamentos tolos!

Reflexão

Você acha difícil acreditar na Bíblia?

Oração

Pai, Obrigado pela Bíblia. Obrigado que é verdade. Ajude-nos não só a lê-la, mas a confiar e viver por ela. Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security