Leitura de Hoje: Jeremias 26:1 – 27:22 (leitura adicional: Salmos 85:1-13 e Provérbios 25:16)

Os israelitas não estavam vivendo segundo o desígnio de Deus, e Ele simplesmente não podia ignorá-lo. Deus tem que enfrentar o mal. Ao olharmos para este texto hoje, quero que você se coloque no lugar de Jeremias e do povo – e faça a pergunta a você – Quando chegar a hora, como você reagirá?

O tempo mais do que chegou para o relacionamento entre Deus e os israelitas. Deus já havia avisado sobre o comportamento deles muitas vezes. No entanto, numa demonstração impossível de paciência e amor, Deus decidiu enviar-lhes Jeremiah NOVAMENTE para tentar endireitá-los. “Ele disse a Jeremias que dissesse: Assim diz o Senhor: Se vocês não me escutarem nem seguirem a minha lei, que dei a vocês, e se não ouvirem as palavras dos meus servos, os profetas, os quais tenho enviado a vocês vez após vez, embora vocês não os tenham ouvido, então farei deste templo o que fiz do santuário de Siló, e desta cidade, um objeto de maldição entre todas as nações da terra”. (Jeremias 26:4-6)

Uma das coisas mais difíceis na vida é dizer a alguém que está fazendo algo errado. Deus não nos chama a criticar e julgar todas as coisas questionáveis ​​na vida das pessoas. Mas eu acho que todos nós percebemos que há momentos em nossas vidas onde todos podem ver um estilo de vida obviamente pecaminoso. Um filho começa a viver com a namorada, ou o cônjuge começa a abusar do álcool, ou a criança se torna abertamente desafiadora. Quando você sabe que algo está errado, você deve estar fazendo algo para ajudá-los a melhorar seu comportamento.

Estivemos olhando para este texto a partir do ponto de Jeremias, assumindo que seríamos os que estavam fazendo a correção. Mas vamos colocar o sapato no outro pé e examiná-lo do ponto de vista dos israelitas. Os sacerdotes e os profetas responderam principalmente com raiva porque seus lugares de autoridade estavam sendo ameaçados. Seu sistema estava sob fogo. Cada um de nós tem um sistema religioso – uma maneira de fazer as coisas que nos dão um sentimento de piedade e importância.

Então, quando Deus aponta o dedo para a sua vida através de amigos e familiares – e eles dizem para você, “você não percebe que você está trabalhando muito duro”, ou “você não vê como você está tratando seu marido” , ou “você precisa parar de gastar tanto!”, a resposta apropriada é não ficar com raiva ou desculpar seu comportamento – mesmo que você não esteja obtendo um tratamento completamente justo. Em vez de ficar na defensiva ou com raiva de nossos acusadores, como Davi, tudo o que Deus quer que digamos é: “Deus tenha piedade de mim, um pecador”. Essa é a resposta certa.

Reflexão

Como você responde à correção?
Você tenta ajudar os outros ou simplesmente julgá-los?

Oração

Pai, obrigado por sua paciência para conosco e por nos chamar para voltar para Você uma e outra vez. Ajude-nos a estar dispostos a mudar as coisas em nossas vidas que não lhe agradam e a viver para a Sua glória. Em nome de Jesus, amém

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!