“Então um anjo do Senhor apareceu a Zacarias, à direita do altar do incenso. Quando Zacarias o viu, perturbou-se e foi dominado pelo medo. Mas o anjo lhe disse: “Não tenha medo, Zacarias; sua oração foi ouvida. Isabel, sua mulher, lhe dará um filho, e você lhe dará o nome de João.” (Lucas 1: 11-13)

O advento é sobre Deus entrando neste mundo pessoalmente. De forma que sempre seremos difíceis de entender, o Criador e Governante do universo, humilha-se para se tornar um dos cidadãos da Terra. Dado o significado disso, não é surpreendente que o nascimento de Jesus seja cercado por eventos sobrenaturais, particularmente a aparência dos anjos.

Este primeiro acontece no centro do grande Templo de Jerusalém. O já envelhecido Zacarias fica aterrorizado com a aparência de Gabriel. Ele é informado de que sua esposa vai ter um filho, que o bebê deve ser chamado de João e que ele será uma benção tanto para seus pais quanto para o povo de Deus. A criança trará as pessoas de volta a Deus e, o mais importante, criará um povo preparado para o Senhor. É uma promessa incrível, mas Zacarias questiona o pronunciamento do anjo. “Como posso ter certeza disso? Eu sou um homem velho e minha esposa tambem.

Esta não é a resposta mais sábia, e o anjo pronuncia a disciplina de Deus sobre a incredulidade: Zacarias ficará em silêncio até que João nasça.
Penso que há duas lições aqui:

Zacarias vai servir a Deus, mas Deus o serve.
Com Deus, sempre recebemos mais do que nós damos
Zacarias é “justo diante de Deus”, mas quando se trata de confiar em Deus, ele vascila. Zacarias e sua esposa poderiam estar orando há anos por uma criança. No entanto, quando Zacarias é informado por um anjo de que sua oração vai ser respondida, o que ele diz: “Agora está muito bem de você dizer isso, mas eu realmente não estou convencido”.
Zacarias e Izabel oraram por uma criança, mas ao longo dos anos permitiram que a dúvida desgastasse a promessa. O que piora a falta de fé de Zacarias, é isso – como todos os judeus conheciam – havia precedentes para Deus dar um filho aos idosos e sem filhos, principalmente para Abraão e Sara, que eram os antepassados ​​de todo o povo judeu. Zacarias tinha esquecido suas próprias orações e o que Deus havia feito no passado. Muitas vezes podemos fazer exatamente o mesmo.

Deus usa pessoas muito comuns, com todas as suas falhas e deficiências. Acho isso encorajador e espero que você também.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security