Leitura de hoje: Mateus 4:12 – 25 (leitura adicional: Salmo 4:1-8 e Provérbios 1:20-23)

Imagine ser como aqueles pescadores. Sentado no trabalho, em um lugar que é familiar para você, um lugar que você está confortável, mesmo que as coisas sejam ocasionalmente um pouco difíceis, então de repente algum personagem vem até você e diz: “Ei, venha, siga-me, e eu farei de vocês pescadores de pessoas “. Como você reagiria? O que você faria?

“Discípulo” é uma palavra que muitas vezes entendemos mal. Como se fosse algo limitado aos doze originais que Jesus escolheu e ensinou por 3 anos de ministério. Esses homens eram discípulos, é claro, mas não eram os únicos. O significado da palavra grega ìáèçôÞò (discípulo) e seu correspondente termo hebraico talmid. Talmid é usado exclusivamente para alguém que se entrega (como aprendiz) à Escritura e à tradição religiosa do judaísmo. É derivado do lamido que tem a idéia de treinar, bem como educar. O termo ocorre no AT apenas uma vez (1Cr 25: 8), onde é traduzido como “erudito ou aluno”. O termo se refere a músicos no tribunal de Davi. Como os músicos aprendem pela prática ou pelo trabalho, bem como pelo estudo, podemos concluir que o talmid inclui prática e teoria. O termo discípulo colocou muita ênfase em fazer. Ser um talmid ou um ìáèçôÞò era aprender fazendo. Assim, o discipulado envolveu compreensão intelectual e aplicação prática. No entanto, existe uma diferença entre um discípulo e um aluno. O discípulo faz mais do que receber instrução; Ele abraça o ensino de seu professor.

Quando Jesus andou pela Terra, ele estava procurando discípulos. Eu acredito que ele ainda quer que as pessoas escolham ser seus discípulos hoje. Os discípulos deixam suas próprias prioridades e seguem Jesus e seus ensinamentos. Ser chamado para ser um seguidor de Jesus não requer que você saiba tudo, seja perfeito. No versículo 19, Jesus não anda até Pedro ou André, Tiago ou João e diz que estou apenas testando para ver se vocês serão bons pescadores de homens. Ele simplesmente os escolhe; Ele está dizendo: “Eu vou mostrar-lhe, eu vou ensinar-lhe como pescar para as pessoas” e isso é exatamente o que Ele faz conosco. Ele está constantemente aparecendo, constantemente ensinando, constantemente nos transformando, constantemente nos ajudando a brilhar Sua luz no mundo. Estamos sempre crescendo e se desenvolvendo como cristãos.

Fomos chamados a ser e fazer discípulos. Compartilhar o amor de Jesus, refletindo sua luz entre sua família, seus amigos, seus colegas de trabalho, sua comunidade não depende de você ser o cristão perito. Pelo contrário, requer que você confie totalmente em Jesus em todas as situações da sua vida e ouça a Ele, Deus. Alguém disse que ninguém pode estimar quanto bem poderia ser feito em nosso mundo se ninguém se importasse com quem recebesse o crédito. Ser um discípulo é sobre parar de buscar crédito para nós mesmos, mas dar crédito àquele que o merece.

Reflexão

Você está vivendo como um discípulo de Jesus?

Oração

Pai, obrigado por nos chamar para sermos discípulos de Jesus. Obrigado por nos chamar como somos e nos ensinar a nos tornarmos mais semelhantes a Jesus. Ajude-nos a seguir bem e trazer glória a Você. Em nome de Jesus, amém

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!