Versículo-chave: “O Senhor me disse: “Vá, trate novamente com amor sua mulher, apesar de ela ser amada por outro e ser adúltera. Ame-a como o Senhor ama os israelitas, apesar de eles se voltarem para outros deuses e de amarem os bolos sagrados de uvas passas”. Oséias 3:1

Muitas pessoas clamaram a Deus em relação a um relacionamento. Com quem namorar, ou com quem se casar, é uma das decisões mais importantes que faremos na vida. Conseqüentemente, o homem e a mulher que amam ao Senhor não tomam essa decisão precipitadamente, mas buscam a confirmação de Deus através da oração. Se você esta solteiro hoje, você deve procurar primeiro se é a vontade de Deus para você se casar e, se assim for, você deve orar para que Deus o molde em um bom marido ou esposa e estar orando por seu futuro cônjuge.

Oséias era um jovem chamado para pregar por Deus. Ele viveu em um tempo em que o povo havia caído em pecado. Deus lhe dá uma resposta chocante em relação a quem ele deve se casar. Oséias 1:2 diz: “Quando o Senhor começou a falar por meio de Oséias, disse-lhe: “Vá, tome uma mulher adúltera e filhos da infidelidade, porque a nação é culpada do mais vergonhoso adultério por afastar-se do Senhor”.

Esta certamente não é a resposta que queremos em relação ao nosso futuro cônjuge. Imaginem um rapaz, apenas fora do seminário e chamado para pregar, recebendo uma mensagem para encontrar uma prostituta na rua e casar com ela. Não é o filme “Uma Linda Mulher”, isto é a vida real.

Oséias casa-se com Gomer. Seu nome significa “conclusão”, e possivelmente por alguns momentos, ele se sente completo. Talvez ela prometeu deixar o seu modo de vida pecaminoso para trás, porque agora ela tinha encontrado o verdadeiro amor. Eles começam uma família juntos. Primeiro, eles têm um filho. “Então o Senhor disse a Oséias: “Dê-lhe o nome de Jezreel, porque logo castigarei a dinastia de Jeú por causa do massacre ocorrido em Jezreel, e darei fim ao reino de Israel. (Oséias 1: 4). Gômer engravidou novamente e deu à luz uma filha. Então o Senhor disse a Oséias: “Dê-lhe o nome de Lo-Ruama[a], pois não mais mostrarei amor para com a nação de Israel, não ao ponto de perdoá-la.” (Oséias 1: 6). Em terceiro lugar, eles têm outro filho, e Deus diz: “Dê-lhe o nome de Lo-Ami, pois vocês não são meu povo, e eu não sou seu Deus.” (Oséias 1: 9).

Se você acha que sua vida familiar é confus, pense em Oséias. Ele é casado com uma prostituta, e seus filhos são chamados, massacre, não amado e não meu povo. A circunstância em que Oséias se encontrava era única, pois Deus estava usando sua vida familiar como exemplo do relacionamento de Deus com Israel. No entanto, há muitas pessoas que se encontram em famílias complicadas. Talvez você ou seu cônjuge tenha sido infiel, e você está tentando fazer seu casamento funcionar, mas a confiança desapareceu. Talvez seus filhos são ausentes. Talvez você os trouxe para a igreja, mas agora eles são ateus, viciados ou em um relacionamento pecaminoso. Se algum desses, ou tudo isso se aplica a você, então você entende algo da dor de Oséias e conseqüentemente, uma parte da dor de Deus quando as pessoas se voltam contra Ele e recusam Seu amor.

Apesar de sua dor, Deus está lhe dando uma compreensão de quanto Ele ama as pessoas. Podemos deixar que isso nos quebre, ou nos motive a proclamar Seu amor a um mundo ferido. O livro de Oséias é uma demonstração do amor de Deus. Quando a esposa de Oséias foge com outro homem, ele a compra de volta. Que lembrete de como Jesus morreu para pagar o preço por nossos pecados para nos redimir. O amor de Deus é absoluto. É um amor que “Nem muitas águas conseguem apagar o amor; os rios não conseguem levá-lo na correnteza.” (Cântico dos Cânticos 8:7). O amor de Deus é incondicional e inconquistável e incomparável. Ele é o Pai do pródigo que corre para abraçar o filho rebelde que o desejou morto e o recebe de volta à família.

Se você tem dor em sua família, você entende que o pecado não é sobre quebrar as regras, mas quebrar o coração. Quando pecamos, o coração de Deus quebra porque Ele quer o melhor para nós. Como Deus usou a vida de Oséias como um exemplo para a nação, Ele também pode usar sua dor e um exemplo de seu amor por este mundo.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

WordPress Security