Versículo Chave: “O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Pelo contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento.” 2 Pedro 3:9

O que é o arrependimento? Certamente não é uma palavra popular, ou mesmo uma palavra comum no vocabulário de hoje. A maioria das pessoas descreveriam o arrependimento como sentir muito por algo ou ter remorso por alguma ação passada. A definição bíblica de arrependimento vai mais longe do que remorso. Bob Dylan disse certa vez: “As pessoas raramente fazem aquilo em que acreditam. Elas fazem o que é conveniente, em seguida, se arrependem. “

O mundo está cheio de pessoas que vivem em arrependimento por ações passadas, alguns foram completamante assolados por suas escolhas ruins e juraram nunca mais cometer o mesmo erro novamente. No entanto, sentir pena, ter remorso e até mesmo prometer nunca mais repetir a má ação ainda está longe do ensino da Bíblia sobre o arrependimento.

Arrependimento bíblico começa com uma mudança interna, e não uma ação externa. A palavra hebraica (נָחַם, nacham) para arrepender-se tem o sentido de rendição interior completa. Vemos isso mais profundamente em Isaías 6:5, “Então gritei: Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros; e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!”

CS Lewis comentou: “Agora, o arrependimento não é nem um pouco divertido. É algo muito mais difícil do que simplesmente comer uma simples torta. Isso significa desaprender todo o auto-conceito e auto-vontade que temos ensinado a nós mesmos por milhares de anos. Isso significa passar por uma espécie de morte.”

Uma das definições mais simples de “arrependimento” tem a ver com se distânciar de alguma coisa, mas é vital considerar o que essa alguma coisa é qual é a alternativa. Para que o arrependimento cause qualquer impacto, isso significa que temos de nos afastar de nós mesmos e nos voltarmos para Deus.
Arrependimento bíblico é uma mudança profunda de coração. Isso só acontece quando consideramos a verdadeira santidade de Deus e, consequentemente, como Isaías no tornarmos quebrados, incapaz de tolerar a nossa própria natureza pecaminosa e dispostos a morrer para si mesmo.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security