Versículo-chave: “Mas Jonas fugiu do Senhor e foi para Társis. Desceu a Jope, onde encontrou um navio para aquele porto. Depois de pagar a tarifa, ele foi a bordo e navegou para Tarsis para fugir do Senhor.” Jonas 1: 3

Muitas vezes na vida, lutamos para saber o que fazer em seguida. Quantas vezes você procurou Deus para orientação sobre uma decisão? Talvez em relação a escolher uma faculdade ou um novo emprego. Talvez em relação a um relacionamento ou um chamado missionário. Há muitas vezes que estamos incertos do que Deus realmente quer que façamos, mas Jonas não teve esse problema. O livro de Jonas começa com estas palavras. “A palavra do Senhor veio a Jonas, filho de Amitai, com esta ordem: “Vá depressa à grande cidade de Nínive e pregue contra ela, porque a sua maldade subiu até a minha presença”. (Jonas 1: 1-2)

Nínive era uma grande cidade, mas eles também eram inimigos do povo de Jonas. A notícia de que “Daqui a quarenta dias Nínive será destruída”. (Jonas 3: 4) teria sido a melhor notícia que Jonas tinha ouvido em um longo tempo. Teria sido como uma vila na Segunda Guerra Mundial oprimida pelo regime nazista, recebendo a notícia de que em quarenta dias não haveria mais guerra. Imagine a alegria, haveria finalmente a liberdade do inimigo, e eles receberiam o castigo que mereciam.

Esta era uma grande notícia para Jonas, exceto que ele entendeu que Deus é “Deus piedoso e compassivo, lento para a ira e abundante em amor, um Deus que se arrepende de enviar a calamidade”. (Jonas 4: 2). Deus está cheio de compaixão, mas Jonas não. Ele queria que o povo sofresse e fosse destruído. Ele não se importava com as “cento e vinte mil pessoas que não conseguem distinguir a mão direita da esquerda – e também muitos animais?” (Jonas 4:11). Ele não se importava com os bebês e filhos desta cidade pecadora. Nos olhos de Jonas, eles mereciam toda a punição que recebiam.

Jonas os odiava tanto que preferia fugir de Deus e sofrer do que dar-lhes a oportunidade de se arrependerem. A desobediência de Jonas não foi gradual ou por engano, mas foi uma desobediência fria e calculada. Ele sabia o que Deus queria, mas não era o que Ele queria.

Jonas correu na direção oposta, e conhecemos bem o relato. Há uma tempestade, ele é jogado ao mar e comido por um peixe grande. Ele permanece ali por três dias, mas clama em arrependimento, e então Deus lhe dá uma segunda chance e Jonas viaja para Nínive, as pregações e o avivamento explodem, e toda a cidade se volta para Deus em arrependimento.

Eu não conheço um único pregador que não se alegraria se uma cidade inteira de 120.000 se arrependesse quando pregavam, mas não Jonas. Jonas senta-se no topo da colina e diz a Deus em Jonas 4: 9 “Estou tão zangado que eu queria estar morto.” Jonas não se importou que Deus lhe desse uma segunda chance, mas odiava o fato de que Deus deu a seus inimigos uma segunda chance.
As últimas palavras no livro de Jonas são de repreensão a Jonas por Deus. “Mas o Senhor lhe disse: “Você tem pena dessa planta, embora não a tenha podado nem a tenha feito crescer. Ela nasceu numa noite e numa noite morreu. Contudo, Nínive tem mais de cento e vinte mil pessoas que não sabem nem distinguir a mão direita da esquerda[a], além de muitos rebanhos. Não deveria eu ter pena dessa grande cidade?” (Jonas 4: 10-11)

O livro de Jonas termina bem ali. Não sabemos o que acontece com Jonas. Ele se arrepende ou fica furioso com Deus? Ele aprende sua lição? Parece um mau lugar para parar, mas é uma lembrança de que o livro de Jonas nunca foi sobre Jonas. Trata-se de Deus e sua compaixão. Deus estava mostrando o quanto Ele ama as pessoas e quanta compaixão ele tem para conosco.

Deus pode nos usar mesmo se estivermos relutantes. Jonas perdeu a bênção de ser usado por Deus e a alegria de ver as pessoas abandorem seus pecados e se voltarem para Deus em arrependimento por causa de sua relutância, preconceito e ódio. Existe algo que está fazendo com que você perca a alegria de ser usado por Deus? Entregue a Deus hoje e peça-lhe para mudar seu coração.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security