Versículo-chave: “Quando Cristo veio como sumo sacerdote dos benefícios agora presentes, ele adentrou o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito pelo homem, isto é, não pertencente a esta criação.” Hebreus 9:11

Enquanto os hebreus andavam no deserto, Deus os instruiu a construir uma tenda especial chamada Tabernáculo. Deus disse a Moisés os planos exatos, até mesmo os centímetros, porque Ele queria que o Tabernáculo fosse construído. Embora não o soubessem naquele tempo, cada parte do Tabernáculo era um símbolo para Jesus (Hebreus 8: 5, 9:11). A palavra Tabernáculo significa “tenda”. É a mesma palavra traduzida como habitar em João 1:14 “O Verbo se fez carne e estabeleceu sua morada (Tabernáculo) entre nós. Vimos a sua glória, a glória do único Filho, que veio do Pai, cheio de graça e de verdade “.

O Tabernáculo tinha três partes distintas. A parte externa do Tabernáculo era o Pátio. Isto é onde as pessoas poderiam ir.

O coração do Tabernáculo era chamado de Lugar Santo. Somente os sacerdotes podiam entrar ali para queimar incenso e tomar parte em outras cerimônias. Dentro havia uma prateleira para a lâmpada – Feito de ouro puro, a lâmpada trouxe luz dentro de um quarto escuro. O suporte da lâmpada era um símbolo de Jesus sendo a Luz do Mundo. Havia também uma mesa com o Pão – Doze pães, que representavam as doze tribos de Israel, foram colocados sobre esta mesa. Mais tarde, Jesus chamou a Si mesmo de o Pão da Vida (João 6:48).

No final do Lugar Santo havia uma espessa cortina. Do outro lado da cortina estava o Santo dos Santos. A espessa cortina era um símbolo de uma barreira na relação de Deus com o homem.  Só o sumo sacerdote podia entrar e apenas uma vez por ano. Quando Jesus morreu na cruz, a cortina do Templo foi rasgada em dois, de cima para baixo, indicando que através do sacrifício de Jesus, todas as pessoas tinham acesso direto a Deus.

J. Vernon McGee, escreveu: O templo do Antigo Testamento que sucedeu o tabernáculo Mosaico foi marcado por partições. Havia três entradas nos três departamentos: o pátio externo, o Lugar Santo e o Santo dos Santos. Havia também seções divididas para sacerdotes, Israel, mulheres e gentios. Cristo, em Sua morte, tirou o véu, e Ele se tornou o Caminho, a Verdade e o Lugar Sagrado. Agora passamos por Cristo diretamente na presença de Deus Pai. Aqueles que vêm a Ele são removidos de seus pequenos departamentos e colocados em Cristo, o novo Templo, onde não há departamentos. A Cruz dissolve as cercas, e o evangelho é pregado aos gentios, aos que estavam longe e aos judeus que estavam perto. Que imagem temos aqui!

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

WordPress Security