Leitura de hoje: Mateus 5:27-48

Versículo-chave: “Se alguém forçar você a ir uma milha, vá com ele duas milhas”. Mateus 5:41

A frase “indo a segunda milha” encontrou seu caminho no discurso moderno. Apenas cerca de uma década antes do nascimento de Jesus, o senado romano havia aprovado uma lei que dizia: “Em qualquer província conquistada no Império Romano, os soldados podem obrigar homens capazes a suportar seu fardo de uma milha, mas não mais”. A milha romana era 1000 passos, um pouco mais curto do que a milha inglesa. Como você pode imaginar, essa lei causou terrível ressentimento entre os judeus em relação ao governo romano. Você pode imaginar como os judeus se sentiram quando Jesus disse: “vai a segunda milha?” Sem dúvida, o público disse: “Ele deve estar brincando – Ele realmente espera que façamos mais do que a lei exige que façamos?” Em essência, Jesus estava dizendo que seus discípulos precisam fazer mais do que os legalistas que não fazem mais do que o necessário.

Ninguém gosta de fazer o trabalho de outra pessoa. Pelo menos, somos capazes de reclamar – argumentar – ou simplesmente recusar. No entanto, se nos chamamos cristãos, então precisamos entender que somos obrigados a viver na segunda milha. Amar o seu próximo é a primeira milha – amar seu inimigo é a segunda milha. Abençoar aqueles que te abençoam é a primeira milha, – abençoar aqueles que te amaldiçoam é a segunda milha. Fazer o bem aos que fazem bem a você é a primeira milha – fazer o bem aqueles que te odeiam é a segunda milha. Orar por aqueles que oram por você é a primeira milha – orar por aqueles que maltratam você é a segunda milha.

Os fariseus viveram na primeira milha, mas os cristãos vivem na segunda milha. Compreenda a expressão que Jesus usa no texto. Ele não diz nada sobre um soldado romano. Ele diz: “Se alguém te forçar”. Hoje, isso significaria que “se um vizinho” ou um “colega de trabalho” ou um “membro da igreja” nos obrigasse a fazer uma certa coisa, então devemos fazer o dobro do que eles esperam que façamos.

Quais são as coisas que você faz de má vontade? Qual é a coisa que você faz, e que você acha que é injusto? Devemos viver na segunda milha. Não só quando somos forçados a fazer algo, mas sempre que fazemos qualquer coisa. Sempre fazendo o nosso melhor, sempre fazendo mais do que o necessário. Por quê? Porque é assim que Jesus viveu e é assim que Ele resplandece através de nós. Por quê? Porque nós não servimos o homem, mas Deus.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

Malcare WordPress Security