Há três coisas na vida de Isaque e em nossa leitura hoje que são simbólicas de necessidades espirituais para qualquer um que deseja viver uma vida de fé

Leitura de hoje: Gênesis 26:17 – 27:46 (leitura adicional, Salmos 10:16-18 e Provérbios 3:9-10)

Versículo-chave: “Isaque construiu nesse lugar um altar e invocou o nome do Senhor. Ali armou sua tenda, e os seus servos cavaram outro poço.”. Gênesis 26:25

Há treze capítulos em Gênesis dedicados a contar a história de Abraão, e cerca de dez capítulos para a história de Jacó. A história de Isaque é contada em apenas dois (24 e 26). No entanto, não quero deixar passar a história de Isaque em nossa jornada pelo Antigo Testamento porque a vida de Isaque não era insignificante de forma alguma. Até o dia de hoje, o povo judeu fala de “Deus de Abraão, Isaque e Jacó”.

Isaque era o filho da promessa que foi dada a Abraão e, pela qual ele havia sofrido pela fé, mas ser filho de Abraão não era a chave para o seu sucesso espiritual. Ele seguiu a linha do plano de Deus e foi usado por Deus para separar a próxima geração, mas também ser o pai de Jacó não era a chave para seu sucesso espiritual. O próprio Isaque viveu uma vida de fé e criou para si o lugar que Deus predestinou para ele na história.

Creio que encontramos três coisas na vida de Isaque e em nossa leitura hoje que são simbólicas de necessidades espirituais para qualquer pessoa que deseja viver uma vida de fé. Gênesis 26:25, “Isaque construiu nesse lugar UM ALTAR e invocou o nome do Senhor. Ali armou SUA TENDA, e os seus servos cavaram UM POÇO”.

Um ALTAR fala de DEDICAÇÃO e SACRIFÍCIO. Isaque sabia tudo sobre altares! Lembre-se quando era apenas um menino, em obediência a Deus, Abraão o levou ao monte Moriah e colocou-o sobre um altar. Possivelmente, ninguém sabia o custo da dedicação total mais do que Isaque.

Um altar é onde você faz seus sacrifícios a Deus. O que isso significa para nós? Bem, Paulo nos pede em Romanos 12: 1 “para apresentar nossos corpos como sacrifícios vivos a Deus – santo e aceitável”. Taylor Smith orava todas as manhãs “Senhor Jesus, esta cama é o altar; meu corpo é o sacrifício; Eu ofereço-lhe de novo a dedicação total “.

A TENDA fala de DESAPEGO. Observe, ele lançou uma tenda, ele não construiu uma casa. Como cristãos, somos peregrinos passando por este mundo. Devemos permanecer DESAPEGADOS deste mundo e tudo o que representa. Jim Elliot disse: “Ele não é um tolo que dá o que não pode manter, para ganhar o que não pode perder”.

Isaque estava em Berseba porque era onde Deus falava, mas, se a presença de Deus se movesse e o conduzisse para outro lugar, Isaque estava pronto para ir.

UM POÇO fala de DEPENDÊNCIA. A Bíblia descreve uma pessoa que lê e medita sobre a Palavra de Deus como “… uma árvore plantada pelos rios de água, que produz fruto em sua estação, cuja folha também não se murchará; e tudo o que ele faz prosperará “. (Salmos 1:3)

Muitas pessoas perguntam “por que Isaque apenas desistiu de cavar poços, quando eles continuavam sendo roubados?” Para Isaque, era uma questão de vida e morte. Era uma questão de cavar ou morrer! Ele tinha que ter água. O mesmo é verdadeiro em relação à Palavra de Deus em nossas vidas. Sem ela, morreremos espiritualmente! Jesus disse em Mateus 4: 4: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”.

Reflexão

  • Dedicação – Como você pode viver uma vida dedicada a Deus?
  • Desapego – Existem algumas coisas que você está segurando e que você precisa largar para seguir a Jesus?
  • Dependência – O que você está tentando fazer sozinho ao invés de confiar em Deus?

Oração

Pai, Obrigado pelos exemplos de fé na Bíblia. Ajude-nos a viver uma vida de dedicação, desapego e dependência de Você. Obrigado pela sua Palavra que nos fortalece a cada dia. Em nome de Jesus, Amém.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!

WordPress Security