Há uma história de dois homens de um mundo bidimensional que visitou nosso mundo tridimensional. Ambos os homens viram um cilindro, mas ao retornarem ao seu mundo bidimensional, um disse que viu um retângulo e o outro disse que viu um círculo.Qual homem estava falando a verdade? Ambos, era apenas que em seu mundo suas histórias pareciam contradizer. 

Nossa liberdade em Cristo é um paradoxo interessante. Em Cristo, desfrutamos de liberdade e escravidão simultâneamente. Consequentemente, a verdadeira liberdade em Cristo tornou-se um dos ensinamentos mais mal interpretados da vida cristã. A Bíblia ensina:

Você foi libertado do pecado e tornou-se escravo da justiça. – Romanos 6:18

O que significa ser liberado de algo para se tornar um escravo de outra coisa? Martinho Lutero capturou este paradoxo em seu tratado de 1520 sobre a liberdade cristã. “Um homem cristão é o senhor mais livre de todos, e sujeito a nenhum, um homem cristão é o servo mais obediente de todos e sujeito a todos”. Em outras palavras, somos livres de todos, porém sujeitos a todos. 

Antes de Cristo redimir-nos pelo Seu sangue, fomos escravos de nossa natureza pecaminosa. A Bíblia diz que todo pecador é escravo do pecado.

Jesus respondeu: “De verdade, eu lhe digo que todos os que pecam são escravos do pecado.” – João 8:34

Quando Jesus nos salvou, ele nos libertou do poder do pecado, mas o paradoxo é que, apesar de não sermos mais escravos do pecado, agora somos escravos da justiça. O que isso significa em termos práticos? Antes que Jesus nos salvasse, a única coisa que poderíamos fazer bem pecar, e não importa o quanto tentássemos de outra forma, nos encontramos cometendo os mesmos erros uma e outra vez. Anteriormente, o pecado nos moldava em seu molde, mas agora o Espírito Santo está nos tornando mais como Jesus.

“Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” – Romanos 8:29

“E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito.” – 2 Coríntios 3:18

A palavra escravo tem uma conotação negativa, mas o princípio é que agora estamos sob o senhorio de Jesus Cristo. O termo escravo é usado para denotar nossa confiança absoluta no mestre. Agora somos chamados a viver uma vida de total obediência a Deus, sendo transformados diariamente pelo Seu Espírito.

Reflexão:
Como você pode se tornar mais dependente de Deus?
Como isso faz com que você se sinta em saber que Deus está transformando você diariamente para se tornar mais como Jesus?

Oração: 
Senhor Jesus, obrigado por me libertar do poder e da escravidão do pecado. Ajude-me a andar na minha nova liberdade encontrada, entendendo que agora sou escravo da justiça.  Em nome de Jesus, Amém. 

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!