“Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite.” Salmos 1: 1-2

O Salmo começa com a frase: “Bem-aventurado o homem” ou “Feliz é o homem”. Todos queremos felicidade. Mas a maioria das pessoas procura a felicidade em todos os lugares errados e em todas as coisas erradas. Muitas pessoas procuram isso em promoções de emprego, notas, dinheiro, casas novas, carros, relacionamentos, álcool e até drogas. Embora essas coisas possam nos fazer sentir bem por um momento, são todos temporários.

Onde, então, podemos encontrar uma felicidade duradoura apesar das circunstâncias? Como é que algumas pessoas se encontram vivendo na pior das circunstâncias da vida e, ainda parecem ser abençoadas, felizes e alegres.

Nos Salmos, descobrimos que a verdadeira satisfação duradoura não consiste em se divertir, mas se encarregar de um relacionamento real e vivo com Deus. Este é o segredo da alegria cristã duradoura.

John Piper escreveu: “A questão crítica para a nossa geração – e para cada geração – é esta: se você pudesse ter o céu, sem doença e com todos os amigos que você já teve na terra e toda a comida que você sempre gostou, e todas as atividades que você já desfrutou e todas as belezas naturais que você viu, todos os prazeres físicos que você já experimentou, e nenhum conflito humano ou qualquer desastre natural, você poderia estar satisfeito com o céu, se Cristo não estivesse lá?

Isso é importante: o objetivo da vida cristã é não se divertir, mas para desfrutar de Deus – e é isso que traz essa alegria mais profunda. Muito mais permanente do que a mera felicidade.

O Salmo 1 nos ensina que o crente é abençoado por Deus. Deus é aquele que abençoa pessoas que “não andam no conselho dos ímpios”, que recusam conselhos infelizes. É na lei de Deus que esta pessoa encontra seu deleite. É o som da voz de Deus e através da direção de Deus que esta pessoa encontra “felicidade”. Em suma, este Salmo traz a compreensão de como a vida funciona – uma vida abençoada é uma vida centrada em Deus.